Translate

domingo, 27 de julho de 2014

Vangelis





No vídeo acima, gravado em 1993 e lançado em 2001 - "MYTHODEA"

Vangelis é o nome artístico do grego, Evángelos Odysséas Papathanassíu, nascido em Vólos em 29 de março de 1943.

Vangelis trabalha nos estilos neoclássico, progressivo, eletrônico e música ambiente. Suas composições mais conhecidas são o tema vencedor do Oscar de 1981, com o filme Chariots os Fire (Carruagens de Fogo), a trilha sonora do clássico Blade Runner, e o filme biográfico de Cristóvão Colombo; 1492: Conquest of Paradise (1492 - A Conquista do Paraíso / pt: 1492 - Cristóvão Colombo), com a música instrumental "Conquest of Paradise". É conhecido também pelo uso de sua música na série da PBS, Cosmos de Carl Sagan. Também compôs o tema da Copa do Mundo de 2002, ocorrida na Coreia do Sul e Japão.




Sem dúvida Vangelis é um dos maiores gênios que a música já viu no mundo. Muito embora não percebamos, pois estamos focados no enredo, a arte dele está presente nos filmes que compôs a trilha sonora, fazendo o casamento entre áudio e vídeo. A música de um filme, ou de um espetáculo de teatro, faz toda a diferença. Uma obra mal composta, pode levar um filme, ou espetáculo à ruína. Quando a obra musical casa perfeitamente com o que se assiste temos a perfeição, a transposição dos sentimentos e a cumplicidade da obra em movimento. Isto não é algo simples de se fazer. É necessário anos de estudo, muita percepção musical, uma forma diferente de fazer e interpretar música, e claro, uma genialidade ímpar. E estes ingredientes estão presentes na essência de Vangelis.

Outro fator diferencial deste grande artista é forma como produz música. Vangelis se faz utilizar de um enorme teclado/sintetizador, com mais teclas que conseguimos ver. Digo isto, pois além de tocar magnificamente instrumentos de teclas, Vagelis tem uma habilidade incomum organizacional para montar em tempo real as sequências a serem executadas, de forma a utilizar teclas sequenciais. Desta forma, com este órgão/teclado/sintetizador analógico, ele é capaz de compor e tocar as músicas mais belas já ouvidas pelo mundo moderno. Vangelis opera uma verdadeira orquestra em seus dedos.




No vídeo abaixo, um pouco de como funciona o seu gênio criativo:












A discografia de Vangelis é algo impactante. É impossível não ter ouvido uma, ou mais de suas obras ao longo da vida, haja vista a enormidade de sua discografia. 

Confira a discografia:


  • Sex Power (1970) - tema
  • Fais Que Ton Reve Soit Plus Long Que La Nuit (1972)
  • tema L'Apocalypse des animaux (1973)
  • La Fete Sauvage (1973) - tema
  • Earth (1973)
  • Heaven and Hell (1975)
  • The Vangelis Radio Special (1976)
  • Albedo 0.39 (1976)
  • Ignacio (1977)
  • Spiral (1977)
  • Beaubourg (1978)
  • Hypothesis (1978)
  • The Best of Vangelis (1978) - coletânea
  • Opera Sauvage (1979) - tema
  • China (1979)
  • Odes(1979) - with Irene Papas
  • See You Later (1980)
  • Short Stories (1980) - como Jon & Vangelis
  • Chariots of Fire (1981) - tema
  • The Friends of Mr. Cairo (1981) - as Jon & Vangelis
  • To the Unknown Man (1982) - coletânea
  • Private Collection (1983) - como Jon & Vangelis
  • Anatartica (1983) - tema
  • Soil Festivities (1984)
  • The Best of Jon & Vangelis (1984) - como Jon & Vangelis
  • Magic Moments (1985) - coletânea
  • Mask (1985)
  • Invisible Connections (1985)
  • Rhapsodies (1986) - com Irene Papas
  • Direct (1988)
  • Themes (1989) - coletânea
  • The City (1990)
  • Eureka (1991)
  • Page of Life (1991) - com Jon & Vangelis
  • 1492: Conquest of Paradise  (1992) - tema
  • Blade Runner (1994) - tema de 1982 do filme Blade Runner
  • Chronicles (1994) - com Jon & Vangelis
  • Foros Timis Ston Greco (1995) (El Greco edição limitada)
  • Voices (1995)
  • Oceanic (1996)
  • Portraits (So Long Ago, So Clear) (1996) - coletânea
  • El Greco (1998) - edição comercial
  • Mythodea (2001)
  • Reprise 1990 - 1999 (2000) - coletânea 
  • Odyssey: The Definitive Collection (2003) - coletânea
  • Ithaca (2004) - Declamação de poema de Cavafy na voz de Sean Connery - edição limitada
  • Alexander - tema (2004)


Tema da Copa do Mundo de Futebol de 2002 Coreia do Sul/Japão, composta por Vangelis:











domingo, 13 de julho de 2014

Vídeo ao Vivo "Alma" de Nando Rocha





Nando Rocha e sua claque de músicos excepcionais quebrando tudo na Factory Beer em São Leopoldo/RS.

A música "Alma" é de uma energia fantástica. Com várias nuances, esta música  faz a galera pular na Factory Beer. Com tempos musicais alternando em contra-tempo, a música oferece vários climas diferentes.

Nando Rocha, aliado a
Fernandinho luzs no Baixo e Jonatas Vaz na bateria, Daniel San nos teclados, Paulo Garcia na guitarra base, Nego Leo na guitarra solo e Evandro Machado na percussão, fazem um som que leva a galera à loucura.



Acesse o site oficial de Nando Rocha:








Ficha Técnica do Vídeo:
Música - Alma
Artista - Nando Rocha
Gravado ao vivo na Factory Beer em São Leopoldo - RS
Captção ao vivo - Chico e Abimael (mastermix)
Edição de Audio - Marcos Carvalho (estudio enigma)
Captação e Edição de Video - Mauricio Mussi

Musicos:

Baixo - Fernandinho luzs
Bateria - Jonatas vaz
Teclados - Daniel San
Guitarras Base - Paulo Garcia 
Guitarra Solo - Nego Leo
Percussão - Evandro Machado

Arranjos, Direção e Produção - Nando Rocha

domingo, 6 de julho de 2014

Clipe "Tempos Em Que Ainda Sonhava" - Banda Avós






A estreia da banda AVÓS no blog Gabriel Works Inc., se dá com este clipe da música "Tempos Em Que Ainda Sonhava".

O clipe tem elementos que remetem a um cenário um tanto nostálgico, por apresentar o bom e guerreiro Chevette e mais toda a sensação dos idos dos anos 90, que contrasta com o som muito atual, mesclando vários gêneros.
A Avós trabalha com Rock Progressivo. E suas linhas musicais vão do heavy/Hard, até a Bossa Nova/Samba. Isso é possível? Nas mãos destes músicos tudo é possível.

A grande curiosidade sobre esta banda de Gravataí/RS formada em 2010, é  o porquê da escolha deste nome para a banda.


           "O nome da banda é na verdade uma homenagem aos nossos avós, que são e foram (aos que infelizmente já faleceram) uma base para cada um de nós. Todos da banda tem um vínculo afetivo muito forte com os pais dos nossos pais, afinal, sem eles não estaríamos aqui. Como são muito sábios, tranquilos e sempre nos mostraram o caminho certo a seguir nas nossas vidas, resolvemos homenageá-los colocando o nome da nossa banda de Avós." (Banda Avós)



Esta música, bem como os trabalhos da banda, são bastante incomuns e mostram um trabalho sincero e direto em suas mesclagens. O difícil do Rock Progressivo é mesclar estilos que não tem uma relação direta e fazê-los soar como parte integrante da música, gerando um som novo. São poucas as bandas e artistas que conseguem fazer isso. E a Avós, consegue fazer isso com primor.

                  "Misturamos as nossas ideias e pensamentos e juntamos com a criatividade para fazer o nosso melhor em nossas músicas.
Prezamos pela verdade em nossas letras. Em sua grande maioria, são relatos de situações e momentos que já passamos. Fazemos de tudo para que nossas notas e arranjos transponham exatamente o que sentimos
ao escrever cada música. Da calmaria ao peso, fazemos o som mais sincero que nos é possível fazer." (Banda Avós)



Site oficial da banda Avós:







Formação da Banda:

Rafael Eufrázio - Vocalista/Guitarrista/Compositor
Leonardo Britto - Vocalista/Contra-Baixista/Compositor
Vitor Bomfim - Baterista 
Crystian Albano - Guitarrista/Compositor


A banda lançou em 22 de maio de 2012 o EP intitulado Welcome, contendo 6 músicas autorais que vão da Bossa Nova ao Rock Progressivo Pesado.



Avós na Rede:

Twitter: https://www.twitter.com/avosRock

Facebook: https://www.facebook.com/avosRock

Youtube: https://www.youtube.com/avosRock


Clipe:

Direção/Edição:
Jefferson Apes

Produção:
Apes AudioVisual

Elenco:
Guilherme Schmidt
Mateus Gross
Luísa Schvarstzhaupt
Tamirís Galvagna



Contatos:

E-mail: contato@avos.mus.br
Telefone: 51 - 8278-4356